Homem é condenado a morte por ser Cristão




Este homem foi condenado a morte, no Irã por ter se convertido ao Cristianismo. O pastor Yousef Nadarkhani foi preso em 2009, acusado por renunciar aos islamismo. Deram lhe três chances de renunciar a sua fé, a fé em Cristo, até o dia 28/02/2012 ele já havia recusado duas vezes, ele terá a última chance de renunciar a sua fé no dia 29/02/2012. Yousef é apenas um de milhares de perseguidos no país e pelo mundo.



Lendo esta notícia me pergunto, será que Deus permitirá que isso aconteça? Será que Deus permitirá que esse homem morra por honrar o nome de Jesus?



Visualizo este homem na mesma situação em que estava Pedro no momento em que Jesus foi preso, humilhado, espancado até ser levado a cruz, a diferença é que este homem ouviu falar de Jesus e de suas obras e Pedro viu Jesus e suas obras, No entanto em Mateus 26:33 diz:



Pedro respondeu: "Ainda que todos te abandonem, eu nunca te abandonarei"



Respondeu Jesus: "Asseguro-lhe que ainda esta noite, antes que o galo cante, três vezes você me negará".



Mas Pedro declarou: "Mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei". E todos os outros discípulos disseram o mesmo.



Mesmo contudo isso, nos versos 69 a 75 diz:



Pedro estava sentado no pátio, e uma criada, aproximando-se dele, disse: "Você estava com Jesus, o galileu".



Mas ele o negou diante de todos, dizendo: "Não sei do que você está falando".



Depois, saiu em direção a porta, onde outra criada o viu e disse aos que estavam ali: "Este homem estava com Jesus, o Nazareno".



E ele, jurando, o negou outra vez: "Não conheço esse homem!"



Pouco tempo depois, os que estavam por ali chegaram a Pedro e disseram: "Certamente você é um deles! O seu modo de falar o denuncia".



Aí ele começou a se amaldiçoar e a jurar: "Não conheço esse homem!" Imediatamente o galo cantou.



Muitos pode dizer que é mera coincidência, três chances para negar a Cristo ou justificar a sua fé, Pedro mesmo sabendo quem era Jesus, sendo testemunha ocular de seus feitos o negou, já o nosso irmão em Cristo Yousef Nadarkhani não o fez. Uma certeza eu tenho, Deus está no controle dessa situação, por mais que ela pareça desesperadora, mesmo que a capacidade humana para reverter os fatos possam ser inúteis, Deus está no controle.



Contudo, penso, quantos de nós estaríamos preparados para suportar tal pressão, quantos de nós optaríamos pela postura de Yousef e quantos de nós optariamos pela postura de Pedro, difícil de falar, pensar ou imaginar.



Reflito na minha vida, nos meus feitos, nos meus atos, nos meus esforços para pregar o evangelho de Jesus e qual o risco que corremos em fazer isso. Deus com sua misericórida


deu a nós brasileiros a oportunidade de falar do seu evangelho e pregar a sua palavra em paz, não sofremos perseguições por parte dos nossos governantes, inclusive a constituição federal do nosso país - a República Federativa do Brasil em seu estado de direito reservou no artigo 5 inciso VI - Todo homem tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião;



Chego a conclusão que ainda é pouco o máximo que fazemos, Deus nos deu todas as boas condições posíveis para fazermos a sua boa obra. Ainda é pouco, se fosse somente o sacrifício na cruz, mas não, Deus ainda se preocupou em nos reservar direitos em lei.



Meu coração se parte em pensar, reclamamos tanto pelo que fazemos, achamos muitas vezes o fardo pesado, priorizamos nossos interesses e queremos que Deus olhe para nós em primeiros lugar, regramos o nosso tempo para fazer a obra de Deus, colocamos muito porém para fazermos um favor para o nosso irmão, queremos tudo para nós e não dividimos com nosso próximo...



... Por fim, Deus reservou para nós a parte mais fácil e o que temos feito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário